Archive for Fevereiro, 2013

h1

Coisas da Nossa Terra | Things of our homeland – Constância II

15 Fevereiro, 2013

Não podemos, ou pelo menos não devemos, falar do concelho de Constância sem referir o seu principal polo recreativo e ambiental,  o PASM (Parque Ambiental de Santa Margarida) situado na freguesia de Santa Margarida da Coutada na parte Sul do referido concelho (margem esquerda do rio Tejo).

Segundo o sítio da Câmara trata-se de um espaço lúdico-pedagógico que dispõe de equipamentos didácticos nas áreas das ciências naturais e do ambiente destinados há realização de actividades de educação ambiental. Na imagem seguinte pode ver-se uma planta do PASM com a localização das suas principais estruturas.

Planta do PASM

Planta do PASM

Uma delas é o edifício principal onde além da recepção dispõe de uma pequena loja de artigos artesanais, de uma ecoteca e de acesso ao ciberespaço.

 Edifício principal do PASM

Edifício principal do PASM

Com esta combinação de meios num lugar aprazível e de fácil acesso não é de estranhar que as suas actividades,coordenadas pelo engenheiro Tiago Lopes, sejam bastantes procuradas por todas as escolas do país e pelas mais diversas associações. De salientar os passeios pedestres ao longo de todo o ano, a participação nas actividades da Ciência Viva, as actuações da banda de Montalvo onde dá gosto ver tantos jovens músicos, a realização de feiras com plantas aromáticas e medicinais, os ensaios e palestras no anfiteatro ao ar livre, etc, etc.

Banda de Montalvo no PASM

Banda de Montalvo no PASM

Ensaio no anfiteatro do PASM

Ensaio no anfiteatro do PASM

h1

Graciphoto 35 P&B | B&W

10 Fevereiro, 2013


13.02.10 Graciphoto 35PB

h1

Aves do Estuário do Tejo II | Birds from Tagus estuary II

1 Fevereiro, 2013

Em finais do ano passado apresentámos uma das aves mais pequenas que habita a lezíria do estuário do Tejo. Foi a Fuínha-dos juncos (Cisticola juncidis).

Fuinha-dos-juncos

Fuínha-dos-juncos

Para esta segunda edição escolhemos outra que não sendo a maior está no grupo das maiores. É a Águia-d’asa-redonda (Buteo buteo) considerada uma rapina de média dimensão. Tem em comum com a Fuínha-dos-juncos o facto de poder ser vista durante todo o ano na RNET (Reserva Natural do Estuário do Tejo). Convém no entanto referir que aquela, apesar de muito mais pequena, é vista com mais frequência porque a sua população é muito maior.

Na última imagem pode observar-se um dos principais alimentos desta rapina, os ratos.

Águia-d’asa-redonda

Águia-d’asa-redonda

Águia-d’asa-redonda

Águia-d’asa-redonda

Águia-de-asa-redonda com presa

Águia-de-asa-redonda com presa

%d bloggers like this: